Artigos Café Brasil
1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

665 – O Vale
665 – O Vale
A trilha para o sucesso envolve trabalho duro e ...

Ver mais

664 – Sobre lagartas e borboletas
664 – Sobre lagartas e borboletas
Cara, como mudar é difícil... perder peso...manter ...

Ver mais

663 – A crisálida
663 – A crisálida
A maturidade entende que existe a escuridão no mundo, ...

Ver mais

662 – A importância da cultura
662 – A importância da cultura
Qual a importância da cultura? Que baita pergunta do ...

Ver mais

LíderCast 153 – Rafael Bernardes
LíderCast 153 – Rafael Bernardes
Empreendedor em TI, que capacita outros profissionais ...

Ver mais

LíderCast 152 – Lucia Moyses
LíderCast 152 – Lucia Moyses
Escritora, psicóloga e neuropsicóloga, um papo sobre ...

Ver mais

LíderCast 151 – Irineu Toledo
LíderCast 151 – Irineu Toledo
Radialista, uma das vozes mais marcantes e conhecidas ...

Ver mais

LíderCast 150 – Ana Letícia Maciel
LíderCast 150 – Ana Letícia Maciel
Executiva que larga tudo para empreender com um ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Eu não acredito na democracia moderna
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Eu não acredito na democracia representativa moderna. * * * Concordo com Schumpeter: no modelo de democracia do século XX, os indivíduos comuns são simplesmente consumidores de produtos políticos ...

Ver mais

Por que Bolsonaro tende a ser considerado melhor presidente do país até 2022?
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157323556458631

Ver mais

Em defesa do Olavo de Carvalho
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Amigos, as revistas Veja e Isto É decidiram atacar o escritor Olavo de Carvalho nas matérias centrais das suas edições da semana. A que se deve esse ataque, orquestrado pelas duas maiores ...

Ver mais

O like é a droga do século
Henrique Szklo
O sistema em que vivemos foi criado com o objetivo claro de deixar-nos ansiosos e estressados para que utilizemos o consumo como forma de aplacar nossa desventura crônica. Mas surpreendentemente ...

Ver mais

Cafezinho 178 – O Exorcista
Cafezinho 178 – O Exorcista
O Brasil está sofrendo um imenso exorcismo, e o demônio ...

Ver mais

Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3
Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3
A negatividade tem suas raízes no medo de ser ...

Ver mais

Cafezinho 176 – Gostou? Compartilhe.
Cafezinho 176 – Gostou? Compartilhe.
Gostou? Compartilhe! Só assim, fazendo a nossa parte, ...

Ver mais

Cafezinho 175 – Não use sua ignorância
Cafezinho 175 – Não use sua ignorância
Quando você não conhece o objeto de sua análise, será ...

Ver mais

Brazil-zil-zil

Brazil-zil-zil

Luciano Pires -

Desde o início fui contra esse mega evento esportivo no Brasil. Ele me lembra o pai desempregado organizando uma festa de debutante cinematográfica para a filha…

A organização dos jogos dá espaço para a expressão máxima do Lado Negro da Cultura Brasileira:

1. Assumir compromissos sem certeza de conseguir cumprir;
2. Chutar orçamentos baixos e ganhos altos para obter a simpatia popular;
3. Se achar o máximo apenas pela capacidade de dizer que se é o máximo;
4. Priorização das aparências em detrimento do conteúdo, da organização e dos processos;
5. Fazer propaganda em cima de feitos futuros e, portanto, incertos;
6. Absoluta incapacidade de priorização e, por consequência, de planejamento;
7. Contar com ajuda divina para os recursos que hão de chegar;
8. Empurrar para terceiros a responsabilidade dos compromissos por si assumidos;
9. Jamais reconhecer os erros ou fazê-lo tarde demais;
10. Arrogância;
11. Desperdício do dinheiro público;
12. Roubo do dinheiro público;
13. Mobilização de estruturas do Estado para atender emergencialmente a segurança do evento. Depois dos jogos e de autoridades dizendo “viu como foi seguro?”, volta tudo ao normal;
14. Após o evento, esquecimento total, não prestação de contas, nenhuma responsabilização sobre os problemas, nenhum aprendizado;

e, por fim.

15. Quando alguém falar mal da bagunça, falta de planejamento e incompetência, rotular como falta de patriotismo, mal humorado, indivíduo desagregador ou elite/coxinha/fascista e outros.

No fim, assim como no carnaval, os jogos terão sido uma grande festa, as cagadas encobertas/esquecidas por qualquer brasileiro com um copo de cerveja na mão; dois ou três atletas que ganharão algumas medalhas serão endeusados; turistas nacionais e estrangeiros serão depenados e ficarão encantados com o Pão de Açúcar e o Corcovado; a Rede Globo vai se esgoelar com aquele pseudo-patriotismo típico; alguns políticos vão tentar tirar lasquinhas; a culpa das obras inacabadas será da crise internacional; começam as reformas dos equipamentos inaugurados para os jogos e alguém descobrirá que não tem grana para a manutenção anual milionária desses equipamentos, que serão abandonados. E a população sofrerá as consequências, enquanto eu e você pagamos as contas.

Calma.

Estou falando da Copa do Mundo de Futebol.