Artigos Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Cobertor de solteiro

Cobertor de solteiro

Luciano Pires -

Todo ano os Correios promovem uma campanha de Natal, incentivando crianças a escreverem para o Papai Noel pedindo um presente. Essas cartas são distribuídas pelas agências, e qualquer um de nós pode escolher uma ou mais cartinhas e mandar o presente que a criança solicitou. Eu já fiz isso e é sempre uma surpresa. Existem milhares de cartas em que as crianças pedem videogames, computadores, ipads e outros objetos de consumo. Mas em meio a elas, outras milhares que são um soco no estômago.

No grupo do Telegram da Confraria Café Brasil, um dos participantes publicou esta semana a cartinha que ele pegou. E que diz assim:

“Querido Papai Noel, me chamo Priscila da Silva, tenho dez anos estou no quinto ano, adoro estudar estou escrevendo para minha prima Amalia, ela tem 8 anos mora com a minha tia e meu primo, como ela é especial fica na cama deitada ou na cadeira de roda. Gostaria de ganhar 2 cobertor de solteiro um para mim e um para ela. Vai ajudar muito neste inverno foi bem frio e minha tia não tem condições de comprar porque vive de doação da igreja e do benefício que ela recebe. Muito obrigado, tenha um natal iluminado.”

Vi a imagem da cartinha e li o texto no exato momento em que recebia a informação que o ex-ministro Geddel de Lima entregava sua carta de demissão para Temer, em meio a um escândalo que envolve um apartamento de 3,5 milhões de reais, que na verdade deve ser apenas a ponta do iceberg.

Ir de um post ao outro é como sair de uma sauna e cair numa piscina de gelo, um choque tremendo entre duas realidades, ambas revoltantes.

De um lado as vítimas. No meio eu. De outro lado os carrascos.

De um lado um sonho: um cobertor. De solteiro. Como presente de natal.

De outro a ganância: riqueza, poder, não importa como.

E eu no meio: o que faço?

Posso correr nos Correios e mandar um cobertor também. Ou dez. Ou cem. Posso vir aqui no Face ou ir domingo na avenida Paulista manifestar minha indignação contra os corruptos. Legal, já é alguma coisa, mas nada disso muda a realidade. Nada disso resolve a vida da Priscila. Muito menos a dos Geddéis.

É preciso ir mais fundo, mais longe, mais forte. É preciso recuperar o respeito. Perdemos o respeito por nós próprios, pelas instituições, pela lei, pelas autoridades. Estamos perdidos, como torcidas adversárias se matando enquanto o estádio pega fogo. O que fazer?

Mais.

Se o que você consegue fazer é reclamar no Face, reclame mais. Se consegue se candidatar a um cargo para representar os cidadãos, candidate-se mais. Se só consegue ir pra avenida na manifestação, vá mais. Se consegue ir a Brasília pressionar o deputado, pressione mais. Se só consegue doar seu tempo, um cobertor, doe mais. Se só consegue bater panelas, bata mais. Grite mais, reclame mais, mobilize mais gente, encha mais o saco deles.

Se você só consegue ser honesto, seja mais.

A cartinha da Priscila é um grito por respeito, um soco no estômago de quem tem sonhos de conquistar o mundo, de se transformar naquele sucesso estrondoso, de ter muito, de ser como aquele bilionário da capa da revista. Para a Priscila, o Natal será feliz com um cobertor de solteiro.

E os Geddéis? Que também fiquem felizes no Natal ao receber um cobertor de solteiro.

Dentro de uma cela fria em Curitiba.