Artigos Café Brasil
Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil no Top 10 Podbean
Café Brasil no Top 10 Podbean
O Café Brasil está entre os Top 10 numa das maiores ...

Ver mais

705 – Empreendedor: Meu malvado favorito
705 – Empreendedor: Meu malvado favorito
Meu, como tem empreendedor no Brasil, não é? Parece que ...

Ver mais

704 – 45 Minutos do Primeiro Tempo
704 – 45 Minutos do Primeiro Tempo
Patrick Santos é um jornalista que tem uma trajetória ...

Ver mais

703 – Fogo no Hall
703 – Fogo no Hall
Já fizemos diversos programas tratando da liberdade de ...

Ver mais

702 – Saindo da Bolha
702 – Saindo da Bolha
O Saindo da Bolha se anuncia como um podcast para quem ...

Ver mais

LíderCast 188 – Emerson Muzeli
LíderCast 188 – Emerson Muzeli
Homem da televisão, que dirigiu novelas, programas de ...

Ver mais

LíderCast 187 – Rabino Ventura
LíderCast 187 – Rabino Ventura
Um homem de fé, um rabino, com uma história fascinante ...

Ver mais

LíderCast 186 – Jorge Cury Neto
LíderCast 186 – Jorge Cury Neto
Radialista, um estudioso do impacto da voz humana na ...

Ver mais

LíderCast 185 – Sérgio Victor
LíderCast 185 – Sérgio Victor
Jovem Deputado Estadual do partido Novo por São Paulo, ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Criativo que se leva muito a sério não merece ser levado a sério
Henrique Szklo
Iscas Criativas
Muitos dos que trabalham com criatividade no dia-a-dia costumam sofrer de delírios relacionados à sua relevância para a sociedade e para a raça humana, mesmo que não se conheça uma razão palpável ...

Ver mais

Desencontros da educação com o mundo real
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Desencontros da educação com o mundo real “Infelizmente, poucas pessoas entendem a conexão entre criatividade e inovação. Fala-se muito sobre a ‘lei da inovação’, mas ninguém fala sobre a ‘lei da ...

Ver mais

Resenha: Meu Pai, o Guru do Presidente
Jota Fagner
Origens do Brasil
Meu Pai, o Guru do Presidente, escrito pela Heloísa Helena de Carvalho Arribas e Henri Alfred Bugalho, é um livro que pretende retratar a conturbada relação entre Olavo Luiz Pimentel de Carvalho ...

Ver mais

Todas mesmo?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Levado pelos ventos da modinha do movimento americano Me too, nascido da hipocrisia e do revanchismo de gente (genta, Dilma?) que não admite seu passado arrivista e joga para a plateia enquanto ...

Ver mais

Cafezinho 258 – O poder do Mau
Cafezinho 258 – O poder do Mau
Para sobreviver, a vida tem de vencer todo dia. A ...

Ver mais

Cafezinho 257 – O Jobs de Mogi
Cafezinho 257 – O Jobs de Mogi
Nada é mais nocivo que a ignorância que gera confiança.

Ver mais

Cafezinho 256 – Mundos Morais
Cafezinho 256 – Mundos Morais
Talvez vivamos em mundos morais diferentes e nenhum ...

Ver mais

Cafezinho 255 – Melhores Inimigos
Cafezinho 255 – Melhores Inimigos
Queremos é o barraco

Ver mais

Lá vem o negão – de novo

Lá vem o negão – de novo

Luciano Pires -

Cinco anos atrás publiquei o artigo que repito hoje. Entre outros adjetivos, fui chamado de racista. Provavelmente desta vez serei ainda mais esculachado, mas é importante rever à luz dos últimos acontecimentos a expectativa criada 5 anos atrás. Desta vez não houve brochada… Lembre-se: o que você vai ler agora foi escrito em 2007.

– Lá vem o negão… Cheio de paixão… Te catá, te catá, te catá… Foi em 1994 que o Cravo e Canela – um daqueles grupos musicais que surgem com um sucesso para desaparecer em seguida – lançou a música “Lá vem o negão”.

Pretendo mandar a música de presente pro Zé Dirceu e seus companheiros. Eles saberão que por “negão” me refiro a Joaquim Benedito Barbosa Gomes, primeiro negro nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal. O ministro Joaquim Barbosa, como relator do processo do “mensalão”, desempenhou papel fundamental na transformação daqueles 40 “suspeitos” em réus, que responderão por formação de quadrilha, peculato, evasão de divisas, lavagem de dinheiro, etc, etc, etc…

Tem gente que vai achar ruim – talvez até me chamem de racista – eu chamar o Ministro de “negão”. Não percam tempo. Não existe outro termo. Ele é negão, sim senhor, um rótulo politicamente incorreto, mas impossível de ser substituído. Afro-brasileiro não carrega o afeto que o termo “negão” expressa. Tem que ser “negão” mesmo…

Ligar a televisão e ver sua figura, o único negro num grupo de brancos – a maioria com expressão de supremo enfado –, lutando para que a justiça prevaleça, tem sido um sopro de esperança para quem achava que o Brasil não tem mais jeito.

O Brasil tem jeito, sim. Quem não tem são alguns “brasileiros” que continuam achando que estão acima do bem e do mal.

O ministro Joaquim Barbosa – negro de origem humilde – talvez ainda não tenha percebido o que representa para a sociedade brasileira. Precisamos desesperadamente de referências políticas e culturais nas quais possamos confiar. De suas mãos podem sair decisões que vão ajudar a colocar o Brasil nos trilhos. E num momento em que a mídia só dá espaço para oportunistas, bandidos, aproveitadores e medíocres, o negão Joaquim surge para nos redimir. Para baixar a crista dos que acham que podem tripudiar sobre a Justiça e a Moral.

Pois o negão que se cuide. Junto do Procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, está sob os holofotes. Será acusado de “jogar para a platéia”, de ególatra, de golpista e todos aqueles adjetivos que a turma dos quarenta usa quando se sente ameaçada. Torço sinceramente para que não apareça um daqueles “dossiês” capazes de manchar seu passado. Pois saiba, senhor Ministro, que tenho a impressão de que o Brasil está a seu lado. O Brasil branco, o Brasil negro, o Brasil rico, o Brasil pobre, o Brasil honesto. O Brasil que o senhor representa. Continue sendo o negão, cheio de paixão, defendendo a dignidade e transformando quadrilheiros em réus. Precisamos de exemplos. Precisamos de referências. Sejam elas brancas, amarelas, vermelhas ou negras.

Cata eles, Ministro. A trilha sonora a gente já tem.

Luciano Pires, setembro de 2007

Correção necessária: ele não é o primeiro negro Ministro do STF, e sim terceiro. Mas é o primeiro negro a presidir o STF.