Artigos Café Brasil
1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

666 – O diabo é o pai do rock
666 – O diabo é o pai do rock
Existem dezenas de explicações para o 666 ser chamado ...

Ver mais

665 – O Vale
665 – O Vale
A trilha para o sucesso envolve trabalho duro e ...

Ver mais

664 – Sobre lagartas e borboletas
664 – Sobre lagartas e borboletas
Cara, como mudar é difícil... perder peso...manter ...

Ver mais

663 – A crisálida
663 – A crisálida
A maturidade entende que existe a escuridão no mundo, ...

Ver mais

LíderCast 153 – Rafael Bernardes
LíderCast 153 – Rafael Bernardes
Empreendedor em TI, que capacita outros profissionais ...

Ver mais

LíderCast 152 – Lucia Moyses
LíderCast 152 – Lucia Moyses
Escritora, psicóloga e neuropsicóloga, um papo sobre ...

Ver mais

LíderCast 151 – Irineu Toledo
LíderCast 151 – Irineu Toledo
Radialista, uma das vozes mais marcantes e conhecidas ...

Ver mais

LíderCast 150 – Ana Letícia Maciel
LíderCast 150 – Ana Letícia Maciel
Executiva que larga tudo para empreender com um ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – DIMENSÕES LÓGICA E PSICOLÓGICA DA LINGUAGEM (parte 8)
Alexandre Gomes
  Eu prometo que esse segundo capítulo vai acabar! Acho que terá umas 12 partes… Mas vamos lá! De volta à diversão. É claro que a linguagem tem aspectos LÓGICOS e PSICOLÓGICOS, veja ...

Ver mais

O Brasil da TV Globo, do Whatsapp e as manifestações do dia 26/05
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157340715398631 LINKS DAS OUTRAS LIVES: ...

Ver mais

Eu não acredito na democracia moderna
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Eu não acredito na democracia representativa moderna. * * * Concordo com Schumpeter: no modelo de democracia do século XX, os indivíduos comuns são simplesmente consumidores de produtos políticos ...

Ver mais

Por que Bolsonaro tende a ser considerado melhor presidente do país até 2022?
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157323556458631

Ver mais

Cafezinho 178 – O Exorcista
Cafezinho 178 – O Exorcista
O Brasil está sofrendo um imenso exorcismo, e o demônio ...

Ver mais

Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3
Cafezinho 177 – Os monstros da negatividade 3
A negatividade tem suas raízes no medo de ser ...

Ver mais

Cafezinho 176 – Gostou? Compartilhe.
Cafezinho 176 – Gostou? Compartilhe.
Gostou? Compartilhe! Só assim, fazendo a nossa parte, ...

Ver mais

Cafezinho 175 – Não use sua ignorância
Cafezinho 175 – Não use sua ignorância
Quando você não conhece o objeto de sua análise, será ...

Ver mais

O mensalão e a política dos chimpanzés

O mensalão e a política dos chimpanzés

Luciano Pires -

Em seu livro “Chimpanzee Politics”, o primatologista alemão Frans de Waal apresentou os resultados de sete anos de estudos com uma colônia de chimpanzés no zoológico e Arnhem, na Holanda. O trabalho de De Waal, somado ao de outros primatologistas reconhecidos, como Nicholas Humphrey, contribuiu grandemente para a compreensão do comportamento dos primatas em sociedade. Suas descobertas foram imediatamente relacionadas ao comportamento dos seres humanos, especialmente por ele introduzir na primatologia o pensamento do italiano Nicolau Maquiavel – explicitado em seu famoso livro O Príncipe -, cunhando o termo “Inteligência Maquiavélica”, que mais tarde chamamos de “maquiavelismo”. A inteligência maquiavélica diz respeito a técnicas aplicadas por quem quer ter sucesso político na sociedade e compreende comportamentos como fazer e quebrar alianças, falar verdades ou mentiras, fazer e quebrar promessas e regras, manipulação, etc. O maquiavelismo está presente em todas as instâncias de nossas vidas, seja nos grandes grupos sociais ou no seio de nossas famílias, e a mentira é seu maior instrumento. Demonstrando que os macacos também usam a mentira como instrumento para resolver conflitos e serem bem sucedidos em suas sociedades, De Wall concluiu que homens e macacos são simplesmente tipos diferentes de… macacos!

Uma das conclusões dos estudos sobre a mentira e suas aplicações, como por exemplo a trapaça, indicam que o mentiroso sempre considera o que o outro estará pensando. Quem mente para você, portanto, está de certa forma avaliando o seu grau de inteligência. Se o mentiroso considera que você é um estúpido, incapaz de perceber relações de causa e consequência ou as implicações morais das escolhas, mentirá desavergonhadamente, como faz uma criança de quatro anos de idade que diz os maiores absurdos para evitar uma punição. E alguns mentirosos profissionais consideram que você é um macaco…

Bem, onde quero chegar? Começa o julgamento do Mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. Durante as próximas semanas estaremos expostos, como nunca antes na história deste país, a uma das maiores coleções de mentiras já pronunciadas no idioma português. Algumas são tão absurdas, tão vigaristas, tão indecentes, que me sinto ofendido só de ouvi-las. Não perderei tempo aqui elencando mentiras, já está tudo mais do que explicitado na internet, rádio, jornais, revistas e televisão. Quero apenas fazer uma sugestão: siga o julgamento sob o ponto de vista da inteligência maquiavélica. Observe a forma como os advogados dos acusados farão ginásticas verbais para dar às mentiras um verniz de verdades ou fazer com que crimes deliberados pareçam deslizes de incompetentes. Observe como grupos organizados, especialmente na imprensa, manipularão as versões dos acontecimentos. Repare nos olhares, nos sorrisos, nos gestos.

Estaremos nos próximos dias como esteve De Waal no zoológico de Arnhem: observando um grupo de macacos que mentem.

Mas não se engane.

Para eles, o macaco é você.

Luciano Pires