Artigos Café Brasil
Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

670 – A nova Previdência
670 – A nova Previdência
No dia 12 de Junho fomos à Brasília e, no Ministério da ...

Ver mais

669 – Fora da Caixa 2
669 – Fora da Caixa 2
Você não precisa inventar a lâmpada para ser original. ...

Ver mais

668 – Fora da caixa
668 – Fora da caixa
Não é fácil hoje em dia ter uma ideia original, ...

Ver mais

667 – Ajuda, por favor
667 – Ajuda, por favor
Toda mudança implica em incomodação. Se não incomoda, ...

Ver mais

LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
Marcel Van Hattem é um jovem Deputado Federal pelo ...

Ver mais

LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
Aproveitando que o Everest está sendo discutido na ...

Ver mais

LíderCast Temporada 12
LíderCast Temporada 12
Vem aí a Temporada 12 do LíderCast, que será lançada na ...

Ver mais

LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
Servidor público de carreira, que a partir das ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – AMBIGUIDADE DA LINGUAGEM (parte 10)
Alexandre Gomes
Já que uma PALAVRA é um SÍMBOLO, um SIGNO ARBITRÁRIO ao qual é imposto um significado por convenção, é natural que esteja sujeita (a palavra) à AMBIGUIDADE. E isso pode surgir de alguns pontos: ...

Ver mais

O salário do professor brasileiro é um dos mais baixos do mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Matéria de ontem no jornal O Globo nos lembra um fato que é amplamente reconhecido: os professores brasileiros estão entre os que recebem os menores salários no mundo inteiro. Em relação aos ...

Ver mais

As cigarras, as formigas e o tal do viés ideológico
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

Komsomol brasileiro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Um dos métodos mais eficazes para garantir a lavagem cerebral nos jovens de tenra idade (muitas vezes órfãos, vítimas da guerra ou dos pavorosos assassinatos em massa ordenados por Stalin) na ...

Ver mais

Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
É seu coeficiente de trouxidão, com a suspensão ...

Ver mais

Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Meu tempo de vida está sendo enriquecido ou só desperdiçado?

Ver mais

Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto ...

Ver mais

Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Dê uma olhada nas pautas em discussão nas mídias. Veja ...

Ver mais

Pense negativo

Pense negativo

Luciano Pires -

O Ministro da Justiça Alexandre Moraes, ao ser perguntado sobre atentados na Olimpíada, disse:

-Não é provável que aconteça nos Jogos do Rio um ato terrorista, mas é possível. Não há probabilidade, mas há possibilidade.

Assisti uma palestra de Abílio Diniz, o ex dono do Grupo Pão de Açúcar. Abílio conta que era filho de padeiro, quando garoto era o gordinho que sofria bullying na escola. A diversão da garotada era bater no Abílio. E hoje ele é o bilionário famoso e bem sucedido. Num momento da palestra ele diz:

– Se eu estou aqui, você também pode estar!

Isso mesmo seu Abílio, pode. Não é provável que eu me torne um bilionário como o senhor, mas é possível. Não há probabilidade, mas há possibilidade. E tem gente que tem a resposta:

– Pense positivo!

Quantas vezes você já ouviu isso? Usar o pensamento positivo é excelente para focar nossa energia, nos motivar e abrir o apetite para seguir em frente.  Mas pensar positivo só serve para abrir o apetite… tem de comer.

E acredite, ainda tem gente que acha que pensamento positivo é pensamento mágico, transforma possibilidades em probabilidades. Não transforma. Pensar positivamente, visualizar onde você quer estar, é como desenhar um mapa. Depois que ele estiver pronto, não basta olhar pra ele e ficar desejando. Tem que botar o pé na estrada e seguir o caminho. É aí que um pouco de pensamento negativo pode ser uma tremenda ferramenta.

– Pense negativo!

Chega a doer, não é? Mas o pensamento negativo pode ser muito útil se você souber lidar com ele. Quer ver?

– Sou um perdedor e jamais vou chegar lá!

Esse é um típico exemplo de pensamento negativo ruim, que já derrota você na largada. Não espaço nem para possibilidade, muito menos para a probabilidade.

– Putz… esse meu objetivo não vai ser fácil, vou ter de trabalhar duro!

E esse é um exemplo de pensamento negativo bom, que abre caminho para a possibilidade, mas deixa a a certeza que a probabilidade só surgirá com preparo, investimento e trabalho, trabalho, trabalho…

É claro que quem visualiza também os obstáculos no caminho, os passos que precisa dar para fazer o sucesso acontecer, em vez de visualizar apenas o sucesso em si, tem mais possibilidades de chegar lá. Você reparou que eu disse “fazer o sucesso acontecer”? Tem um chamado para ação aí, de transformar possibilidades em probabilidades. Visualizar e esperar que as coisas aconteçam, não dá. Tem de ir buscar. É a velha questão do equilíbrio que vira e mexe eu cito em meus trabalhos.

Tem gente que pensa nos obstáculos, e só nos obstáculos. Isso acaba com as probabilidades, deprime e derruba a autoconfiança. Paralisa.

Tem gente que pensa no sucesso, e só no sucesso. Fica ocupada demais curtindo fantasias para pensar nas dificuldades. Confunde possibilidade com probabilidade, mete as caras… e quebra a cara.

E tem gente que pensa no sucesso como um futuro incerto, cheio de pedras pelo caminho, arregaça as mangas e vai buscar.  Essa gente sabe que não existem respostas fáceis. Não existem saídas fáceis. Não tem mágica. Não existem fórmulas universais para sucesso. Não existe moleza. Tudo aquilo que transformou o filho do padeiro em bilionário, não vale necessariamente para todo mundo.

Quem usa o “pensamento negativo bom” para compreender as dificuldades, usa o exemplo do filho do padeiro como inspiração.

– Só porque aconteceu com ele, não vai acontecer comigo. Mas pode acontecer. Deixa eu me mexer…

Sonhar, visualizar o sucesso é uma delícia, mas o sonho só tem sentido se estiver acompanhado de ação. Os objetivos que realmente interessam em nossas vidas devem ser encarados como passos na direção de uma visão, um propósito para o qual temos um plano de ação. Se não tem plano de ação é só meta, possibilidade sem probabilidade. Se nem meta é, é só sonho com probabilidade zero.

Sonhar é uma das coisas mais fantásticas que a mente humana pode fazer, mas sonhos serão apenas sonhos. E ninguém vive de sonhos.

Para transformar possibilidades em probabilidades, pense negativo. Mas no negativo do bem.