Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Café Brasil 724 – A Pátria dos bobos felizes
Nos últimos 100 anos, na Alemanha e nos EUA, o ...

Ver mais

Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Café Brasil 723 – O Paradoxo do Dadinho
Pois é... esta semana completo 64 anos de idade. ...

Ver mais

Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Café Brasil 722 – O Poder do Mau
Um Podcast Café Brasil com quase três horas de duração ...

Ver mais

Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Café Brasil 721 – Lake Street Dive
Olha, os dias andam um saco! Todo mundo nervoso, ...

Ver mais

Comunicado sobre o LíderCast
Comunicado sobre o LíderCast
Em função da pandemia e quarentena, a temporada 16 do ...

Ver mais

LíderCast 204 – Marco Bianchi
LíderCast 204 – Marco Bianchi
Humorista, um dos criadores dos Sobrinhos do Athaíde, ...

Ver mais

LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
LíderCast 203 – Marllon Gnocchi
Empreendedor de Vitória, no Espírito Santo, que começa ...

Ver mais

LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
LíderCast 202 – Richard Vasconcelos
Que está à frente da LEO Learning Brasil, uma empresa ...

Ver mais

Sobre Liberdade
Sobre Liberdade
Abri uma das aulas de meu curso Produtividade ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Pandemia ou misantropia?
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Mais importante que defender a sua opinião, é defender o direito de livre expressão e escolha.

Ver mais

Revisionismos e intolerância
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Revisionismos e intolerância “Sabemos que ninguém jamais toma o poder com a intenção de largá-lo. O poder não é um meio, é um fim em si. Não se estabelece uma ditadura com o fito de salvaguardar ...

Ver mais

Motivos de orgulho
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Motivos de orgulho Numa época repleta de dificuldades, pessimismo e más notícias como a que estamos vivendo em razão da pandemia de coronavírus e suas consequências sanitárias, econômicas, ...

Ver mais

5 ações de marketing para ajudar a superar a crise do coronavírus
Michel Torres
Negócios em todo o mundo estão sentindo os efeitos da pandemia: menos clientes, menor receita e o medo de não ter condições de aguentar esse tempo de prejuízo. Precisamos salvaguardar a saúde e o ...

Ver mais

Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Cafezinho 295 – O Domingão do Faustinho
Estamos assistindo a uma revolução na mídia, meus ...

Ver mais

Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Cafezinho 294 – Vem pra Confraria
Se você vê algum valor em nosso trabalho, acesse ...

Ver mais

Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Cafezinho 293 – Democracia da porta pra fora.
Não coloque a distribuição do seu trabalho nas mãos das ...

Ver mais

Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Cafezinho 292 – A bunda da Daniele
Qual janela você escolheu para ver o mundo?

Ver mais

Sobre Relevância

Sobre Relevância

Luciano Pires -

Então vem o terremoto do Haiti e morre Zilda Arns. A mesma comunidade (jovem, muito jovem) do Twitter que havia passado dois dias discutindo a morte de Brittany Murphy, jovem e obscura atriz de séries e filmes B, ficou repleta de gente dizendo “Zilda quem?”. De onde concluí: a definição de “relevância” – numa sociedade em que Zilda Arns perde para Brittany Murphy Tom Jobim perde para o Latino Paulo Autran perde para Marcos Pasquim e Machado de Assis perde para Paulo Coelho – é relativa.

Re-le-vân-cia. O dicionário diz que “relevante” é “aquilo que é importante”. Mas nada é relevante por si só. As coisas tornam-se relevantes, quer ver?

Você certamente conhece aquele cerimonial da tripulação nos aviões antes da decolagem, explicando como usar o cinto de segurança e as máscaras de oxigênio, não é? Mas só quem viaja pouco de avião (e as crianças) presta atenção naquilo. Quem viaja muito já viu tantas vezes que nem repara mais. Para essas pessoas o cerimonial pré-decolagem não tem mais relevância.

Mas agora imagine que o piloto anuncie pelo sistema de som que as condições meteorológicas estão ruins, mas que ele vai “tentar decolar” mesmo assim… Você tem alguma dúvida de que todo mundo prestará atenção nas instruções da tripulação, mesmo que sejam as mesmas de sempre?

Um caixa de banco que atende bem, por exemplo, num contexto onde todos atendem direitinho, não é relevante. Isso é o que se espera dele, é previsível, embora seja artigo raro nesta sociedade do mau humor. Mas se todos os outros caixas atenderem mal, aquele que cumpre sua obrigação torna-se relevante.

Pois é… Quando o contexto muda, coisas com as quais ninguém se importava ganham relevância.

Mas o contexto apenas cria o ambiente. Quem dá relevância é você. Um saleiro pra mim é relevante na hora do almoço. Pra minha esposa não é. Colocar a camiseta do Timão pra assistir um jogo pela televisão é relevante para meu filho. Para mim, não é. Fazer chapinha antes de sair de casa é relevante para minha filha. Para minha sobrinha, não é.

Relevância depende, portanto, do contexto e dos valores e convicções que determinam nossas escolhas.

Portanto, escolher (conscientemente ou por ignorância) que a morte de Brittany Murphy é mais relevante que a de Zilda Arns não indica que você é uma pessoa boa ou ruim. Mas dá uma pista sobre suas prioridades e visão de mundo. Você é o resultado de suas escolhas, alguém disse um dia.

E se só o que é relevante impacta em nossas ações, então é necessário prestar muita atenção às coisas às quais escolhemos dar relevância.

Vou contar como eu faço. Ao longo do dia dou duas ou três paradinhas em meus afazeres para rever as coisas que considerei relevantes. Então reflito sobre o que ganhei ou perdi dedicando tempo e recursos a essas escolhas. E a partir das conclusões a que chego, priorizo minhas “relevâncias”.

Não sei se você faz o mesmo conscientemente. Esse tem sido um processo de aprendizado extremamente valioso para refinar minha capacidade de julgamento e tomada de decisão.

Aliás, mais que valioso. Relevante.