Artigos Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Uonderifi

Uonderifi

Luciano Pires -

UONDERIFI


– É uonderifi. Dábliu, o, ene, dê, ê, erre, espaço, i, éfe. Uon-de-rifi…


Era a professora ajudando com a letra de “Imagine”, de John Lennon, numa aula de inglês quando eu era garoto. Ele cantava “I wonder if you can”.


Depois de traduzir, compreendi a letra de Lennon, mas eu era jovem demais para entender a mensagem de paz que transformou a musica num hino.


No entanto, quase 40 anos depois, não esqueci do “uonderifi”.


Recentemente uma das participantes do Big Brother, a Sol, uma garota de origem humilde, nos brindou com a interpretação de “iardeor” na TV. “Iardeor” é a forma como ela canta “We are the world”. E no Brasil de hoje, onde manifestações de ignorância são festejadas e exibidas com orgulho, ela conseguiu aparecer no Faustão e acho que até gravou um cd.


Mas…Quantos ao ouvir uma música em inglês, entendem a letra? A menos que seu inglês seja estupendo, as músicas “pegam” mesmo é pelo ritmo, pela sonoridade. Pelo “uonderifi”.


E sabe qual é a diferença entre o “iardeor” da Sol e o meu “uonderifi”?


Para mim, “uonderifi” representou um rito de passagem da ignorância para o conhecimento.


Num dia mágico, transformou-se em “wonder if…”.


Já o “iardeor” da Sol é um ponto final. Nunca se transformará em “we are the world”. Quando o fizer, acabará o interesse, a graça. O “iardeor” é um rito de passagem da obscuridade para a celebridade. Efêmera.


E antes que algum chato me escreva falando da oportunidade que tive de cursar inglês enquanto a pobre Sol cresceu na pobreza, aviso que essa não é a discussão deste artigo.


Escrevo mais uma vez sobre a total falta de compromisso que a mídia, com uma ferramenta espetacular como a televisão, tem para com a educação.


A televisão, presente na totalidade do território nacional, consegue algo quase impossível: diante dela, todo mundo é igual. Preto ou branco, rico ou pobre, analfabeto ou letrado. É o mesmíssimo conteúdo, não importa para quem. Na frente da tv todos somos apenas um índice de audiência. Não é preciso nem mesmo saber ler. Não existe outra ferramenta mais democrática como processo de comunicação. 


No entanto, os que a dirigem perdem um tempo precioso divulgando “iardeor” em nome do entretenimento.


É pouco, gente. A televisão merece mais que isso. Através dela poderíamos mudar a história deste país.


Mas não…


A máquina que poderia formar cidadãos, comandada por vendedores interessados em trocar seu dinheiro por produtos – sem qualquer compromisso com os valores morais envolvidos nessa troca – forma apenas consumidores.


No dia em que a TV começar a tratar o “iardeor” da Sol como o meu “uonderifi” talvez comecemos uma revolução silenciosa neste país.


I wonder if…