Portal Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

683 – O peixe
683 – O peixe
E aí, hein? Dar o peixe ou ensinar a pescar? Será que ...

Ver mais

682 – LíderCast 13
682 – LíderCast 13
É isso que é o LíderCast. Uma homenagem a quem ...

Ver mais

681 – Agrotóxicos: remédio ou veneno
681 – Agrotóxicos: remédio ou veneno
Agrotóxicos surgiram na Segunda Guerra Mundial, para ...

Ver mais

680 – Nova Previdência 2
680 – Nova Previdência 2
A Nova previdência é o primeiro passo para colocar o ...

Ver mais

LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
Rodrigo Galvão assumiu aos 35 anos de idade a posição ...

Ver mais

LíderCast 169 – Marília Guimarães e Eduardo Dantas
LíderCast 169 – Marília Guimarães e Eduardo Dantas
Marilia Guimarães e Eduardo Dantas – a dupla ...

Ver mais

LíderCast 168 – Pedro Hipólito
LíderCast 168 – Pedro Hipólito
CEO da Five Thousand Miles, empresa portuguesa que se ...

Ver mais

LíderCast 167 – João Kepler
LíderCast 167 – João Kepler
Especialista em empreendedorismo, startups, marketing e ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que Bolsonaro exagera?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Como se já não enfrentássemos todos os problemas possíveis – e mais uns imaginados – Bolsonaro parece se esforçar para piorar os reais e parir os imaginários. Por qual razão o ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – CARACTERÍSTICAS GRAMATICAIS DOS SUBSTANTIVOS (parte 3)
Alexandre Gomes
Até agora mostrei maneiras um pouco diferentes de se ver um SUBSTANTIVO. Usando um tanto de Lógica e  Filosofia para explicar SUBSTANTIVOS e ADJETIVOS. E só para te lembrar: toda a Realidade é ...

Ver mais

Viva Narciso
Jota Fagner
Origens do Brasil
A nossa vaidade nos impede de construir um ambiente mais tolerável A palavra “insentão”, popularizada nos últimos anos, serve para classificar a pessoa que não se deixa iludir pelo canto da ...

Ver mais

O hábito da leitura e seu impacto no desenvolvimento
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O hábito da leitura e seu impacto no desenvolvimento  “A leitura é a chave para se ter um universo de ideias e uma tempestade de palavras.” Eduarda Taynara Gonçalves Pereira  (ex-aluna da EEEP ...

Ver mais

Cafezinho 214 – Entropia 2
Cafezinho 214 – Entropia 2
Entropia precisa de manutenção, de consertar o que é ...

Ver mais

Cafezinho 213 – Entropia
Cafezinho 213 – Entropia
Encontrar e consertar uma goteira ou uma trinca é ...

Ver mais

Cafezinho 212 – Cérebros roídos
Cafezinho 212 – Cérebros roídos
Na República das Banalidades, o que não é visto e nem ...

Ver mais

Cafezinho 211 – O crítico e o criativo
Cafezinho 211 – O crítico e o criativo
Basta uma olhada nos jornais televisivos diários para ...

Ver mais

Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2

Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2

Luciano Pires -

Eu havia prometido a mim mesmo não perder mais tempo com essas bobagens, mas não deu. É muita histeria.

Meu ponto é o seguinte: se eu fosse o Bolsonaro, nestes primeiros 100 dias estaria trancado entre quatro paredes, focado totalmente em produzir três ou quatro fatos bombásticos que apontassem mudanças drásticas na forma como o país vinha sendo conduzido.

Eu teria dia a hora para falar das reformas, só responderia perguntas sobre reformas, só tuitaria resultados e exemplos de fatos realizados. Quantos militantes foram demitidos, as negociatas desmanchadas, o resultado de auditorias, os planos detalhados de reformas, o fim de mamatas, o endurecimento das normas de segurança, os investimentos em infraestrutura etc.

Mergulharia profundamente nas negociações de bastidores e em aprender com meus Ministros especialistas sobre as mudanças que estão sendo feitas. Jamais perderia um segundo com questões periféricas. Ao ser perguntado, minha resposta seria: “Acabou a campanha, agora sou Presidente. Respondo questões de Estado. O próximo!”

Nada de bate-boca com justiceiros sociais. No máximo eu teria um interlocutor bem irônico, um rotweiller especialista no bateu-levou, como Fernando Henrique fez ao colocar Sergio Motta como Ministro das Comunicações em 1995. Esse rotweiller teria como missão a guerra cultural, preservando a mim. Eu jamais gastaria energia com isso.

Ao fim de 100 dias eu teria para mostrar um cardápio de mudanças estruturais que calaria a boca da galera do #elenao. E só então abriria alguma chance para tratar de temas periféricos que nenhum impacto trazem sobre a maioria da população. E daria a eles o tempo que merecem: 25 segundos.

Por isso acho bobagem a tuitada que ele deu, acho perda de tempo responder aos Jeans Wyllys, Zés de Abreus e Danielas Mercurys da lacrosfera. Isso está muito aquém da missão de um presidente da república, queima energia, gera cortinas de fumaça, gasta tempo e recursos.

É gastar papo com bêbado.

 

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br