Portal Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

690 – Vale quanto?
690 – Vale quanto?
Cara, você aceita pagar pelo ingresso de um show a ...

Ver mais

689 – A Missão
689 – A Missão
De quando em quando publicamos no Café Brasil a íntegra ...

Ver mais

688 – Doar órgãos é doar vida
688 – Doar órgãos é doar vida
A doação de órgãos é um ato de generosidade, é o ...

Ver mais

687 – A herança maldita
687 – A herança maldita
Uma apresentação, com números, do descompromisso, a ...

Ver mais

LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
CEO da Octadesk, empresa focada na gestão de ...

Ver mais

LíderCast 176 – Willians Fiori
LíderCast 176 – Willians Fiori
Professor, podcaster e profissional de marketing e ...

Ver mais

LíderCast 175 – Marcelo Szuster
LíderCast 175 – Marcelo Szuster
O cara do “Business Agility", que trata da capacidade ...

Ver mais

LíderCast 174 – Eduardo Albano
LíderCast 174 – Eduardo Albano
Diretor de conteúdo da Ubook, plataforma que está ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Sincategoremática (parte 6)
Alexandre Gomes
A MORFOLOGIA SINCATEGOREMÁTICA se refere a PALAVRAS que só tem significado quando associadas a outras PALAVRAS.   Bom, se tais palavras se referente a outras palavras, então as funções delas ...

Ver mais

Vilmoteca
Chiquinho Rodrigues
Ser músico e ter viajado por esse imenso Brasil são dádivas que agradeço todo dia ao Papai do Céu! Ter colecionado experiências e conhecido os mais variados tipos de malucos acabaram fazendo de ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Palavras Atributivas: verbos, advérbios e adjetivos (parte 5)
Alexandre Gomes
Continuando a tratar de VERBOS, irei expor agora sobre as classes de verbos:   TRANSITIVOS: aqueles que expressam uma ação que começa no sujeito (agente) e “vai até” (trans + ire) o objeto ...

Ver mais

Sem enredo
Chiquinho Rodrigues
Ainda bem que o U2 pegou um avião e foi pra puta-que-pariu! Eu já não aguentava mais, cara! Te juro que se eu visse o Bono Vox mais uma vez no Jornal Nacional ou na droga de um palanque qualquer ...

Ver mais

Cafezinho 228 – O medo permanente
Cafezinho 228 – O medo permanente
Enquanto destruíam nosso sistema de justiça criminal ...

Ver mais

Cafezinho 227 – Paralisia por análise
Cafezinho 227 – Paralisia por análise
A falta de experiência e repertório dessa moçada ...

Ver mais

Cafezinho 226 – O MCSC
Cafezinho 226 – O MCSC
Um movimento que independe de partidos, de políticos, ...

Ver mais

Cafezinho 225 – O Meu Everest
Cafezinho 225 – O Meu Everest
Nos livros, isso tem o nome de planejamento estratégico.

Ver mais

Cafezinho 167 – Monstros da negatividade

Cafezinho 167 – Monstros da negatividade

Luciano Pires -

Que momento estranho. A quantidade de gente com pensamento negativo, acusando de motivações e intenções negativas qualquer um que se diga esperançoso, que decida participar da mudança, é enorme. Chamo essa gente de monstros da negatividade.

São milhares, apostando que nada dará certo, desconfiando, demonstrando má vontade, aversão a riscos e frustração.

Mas se quem tem uma visão, digamos, mais esperançosa do futuro, tem de lidar de quando em quando com essas pessoas negativas, os negativos têm de lidar consigo mesmos todo o tempo. Cara, deve ser insuportável, uma fonte infinita de angústia.

No fundo os monstros da negatividade pensam assim: “Se as pessoas agissem como eu quero, aí sim as coisas andariam bem.”

Quanta arrogância!

Acham-se acima dos demais, capazes de entender o que os outros não entendem, de enxergar o que outros não enxergam, certos de que são capazes de prever o futuro pessimista, poder que os ignorantes que acham que “agora vai” não têm?

Os monstros da negatividade são incapazes de perceber as consequências de suas atitudes destrutivas no delicado momento em que precisamos nos unir para construir. As coisas não estão indo do jeito que a pessoa quer e como ela não é capaz de compreender e lidar com esse sentimento interno de frustração, faz o que aprendeu quando criança: chora. Esperneia. Destrói.

 Foi o que sobrou para quem precisa admitir a consciência de sua impotência.

Mas o pior mesmo é outra constatação. O monstro da negatividade jamais contribuirá para o sucesso do grupo.

“O pessimista é um otimista bem informado”, lembra disso? Essa frase arrogante foi dita por um monstro da negatividade.

Olha, eu não quero gente assim por perto. Eu não preciso de gente assim por perto. Neste momento aqui eu quero gente positiva, que contamina os outros com sua energia boa.

Gente que fará bem para mim.

Aliás, pra nós.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. cafebrasilpremium.com.br