Portal Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

691 – Os agilistas
691 – Os agilistas
Conversei com o Marcelo Szuster no LíderCast 175, um ...

Ver mais

690 – Vale quanto?
690 – Vale quanto?
Cara, você aceita pagar pelo ingresso de um show a ...

Ver mais

689 – A Missão
689 – A Missão
De quando em quando publicamos no Café Brasil a íntegra ...

Ver mais

688 – Doar órgãos é doar vida
688 – Doar órgãos é doar vida
A doação de órgãos é um ato de generosidade, é o ...

Ver mais

LíderCast 178 – Tristan Aronovich
LíderCast 178 – Tristan Aronovich
Ator, músico, escritor, diretor e produtor de cinema, ...

Ver mais

LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
CEO da Octadesk, empresa focada na gestão de ...

Ver mais

LíderCast 176 – Willians Fiori
LíderCast 176 – Willians Fiori
Professor, podcaster e profissional de marketing e ...

Ver mais

LíderCast 175 – Marcelo Szuster
LíderCast 175 – Marcelo Szuster
O cara do “Business Agility", que trata da capacidade ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

A chave de fenda
Chiquinho Rodrigues
Toninho Macedo era um daqueles músicos de fim de semana. Amava música e tocava seu cavaquinho “de brincadeira” (como ele dizia) aos sábados e domingos em uma banda de pagode ali do bairro onde ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Sincategoremática (parte 6)
Alexandre Gomes
A MORFOLOGIA SINCATEGOREMÁTICA se refere a PALAVRAS que só tem significado quando associadas a outras PALAVRAS.   Bom, se tais palavras se referente a outras palavras, então as funções delas ...

Ver mais

Vilmoteca
Chiquinho Rodrigues
Ser músico e ter viajado por esse imenso Brasil são dádivas que agradeço todo dia ao Papai do Céu! Ter colecionado experiências e conhecido os mais variados tipos de malucos acabaram fazendo de ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Palavras Atributivas: verbos, advérbios e adjetivos (parte 5)
Alexandre Gomes
Continuando a tratar de VERBOS, irei expor agora sobre as classes de verbos:   TRANSITIVOS: aqueles que expressam uma ação que começa no sujeito (agente) e “vai até” (trans + ire) o objeto ...

Ver mais

Cafezinho 229 – Manicômio Legal
Cafezinho 229 – Manicômio Legal
O manicômio legal no qual estamos presos.

Ver mais

Cafezinho 228 – O medo permanente
Cafezinho 228 – O medo permanente
Enquanto destruíam nosso sistema de justiça criminal ...

Ver mais

Cafezinho 227 – Paralisia por análise
Cafezinho 227 – Paralisia por análise
A falta de experiência e repertório dessa moçada ...

Ver mais

Cafezinho 226 – O MCSC
Cafezinho 226 – O MCSC
Um movimento que independe de partidos, de políticos, ...

Ver mais

Cafezinho 184 – O desequilíbrio do gênio

Cafezinho 184 – O desequilíbrio do gênio

Luciano Pires -

Imagino nosso sistema mental como um motor de altíssimo desempenho, tendo as engrenagens morais como seus componentes fundamentais. Para o motor funcionar direito, sem superaquecimento, bem lubrificado, silencioso e com eficiência, todos os componentes tem de estar em equilíbrio. Mas alguns desses componentes, às vezes, se destacam. É quando o indivíduo se mostra um gênio em alguma área.

O Neymar no futebol, Pablo Picasso na pintura, Michael Jackson na dança, Jimmi Hendrix na guitarra, Amy Whinehouse no canto, Mike Tyson no boxe… Cada um desenvolveu uma habilidade que o colocou no patamar de gênio.

Para isso, o componente de seu motor responsável por aquela genialidade determinada, funciona em rotação, temperatura, vibração, consumo, muito acima dos demais componentes do motor. E com isso consome energia que deveria estar alimentando os outros componentes. Causa um desequilíbrio. E então o gênio do esporte mostra-se um desastre comportamental, o gênio da música se entrega às drogas, o gênio das artes é um maníaco sexual, o gênio da poesia se mata, o outro agride a mulher, o outro é pedófilo, o outro apoia uma ideologia assassina… e assim vai. E ficamos sem saber o que pensar.

Pô, o sujeito ou a mulher que eu admiro por ser genial num lado, é desprezível no outro. Devo admirar seu talento e desprezar seu caráter? Separar o homem de sua obra? Imaginar que possa ser um psicótico e que só por isso é gênio numa outra área?

Olha que louco isso. Para ser gênio numa área você consumirá os recursos de outras áreas e perderá a capacidade de julgamento e tomada de decisão. Chamará uma garota que nunca viu na vida para fazer sexo num país distante, pagará a viagem dela, não levará preservativos, se exporá como um amador, marinheiro de primeira viagem, mesmo depois de anos de carreira e exposição pública e deixará que o circo da imprensa e das mídias sociais histéricas julgue  se você é vítima ou algoz. Expondo intimidades, sua família, seu caráter de forma desnecessária, até pueril.

Só consigo entender isso como o desequilíbrio do gênio.

Que não sei se tem cura.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. cafebrasilpremium.com.br.