Iscas Intelectuais
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Bolsonaro é o vagão: a locomotiva é o novo eleitor digital

Bolsonaro é o vagão: a locomotiva é o novo eleitor digital

Carlos Nepomuceno -

O Brasil vive duas revoluções em paralelo:

  • – a digital, que iniciou mudança de cada eleitor/consumidor de dentro para fora, através da possibilidade do acesso a mais informação, interação e mobilização distribuída;
  • – a republicana, que, a partir da digital, fez com que as pessoas passassem a querer muito mais do país do que antes.

O que estamos assistindo é a população, que já mudou por dentro, querendo que o país se adeque a este novo brasileiro.

Bolsonaro não é o agente da mudança, mas apenas o catalizador da mesma.

Vou dizer de outra forma: Bolsonaro é o para-raio, mas o raio é o eleitor querendo mudança.

As pessoas elegeram Sérgio Moro, como o Mito 1.0 e agora Bolsonaro como o 2.0.

As pessoas não estão votando em Bolsonaro pelas suas propostas, mas, principalmente pelos seus valores: família, pátria, honestidade, república, anti marxismo.

Tudo começa daí, o que vier a partir daí, é lucro!

O Brasileiro quer sair da monarquia secular brasileira do “todos são iguais perante as leis, menos o Lula, o Maluf e o Renan Calheiros” para “não temos bandidos de estimação”.

Quem acha que estamos criando o Bolsanarismo está enganado, estamos criando uma República com o primeiro presidente pós-monarquia fisiológica-marxista.

O pessoa diz por aí que o Brasil está mudando ou vai mudar, engano, o Brasil já mudou, pois cada eleitor empoderado de Whatsapp não é mais o mesmo.

As manifestações de 2013, 2015, as eleições de 2016, a mudança do Congresso e agora Bolsonaro são apenas o início do processo.

O início da jornada rumo a um novo país.

Quem quiser participar da política deste novo país precisa aprender a lidar com transparência, narrativa, coerência entre o que se diz e se faz.

A luz chegou e não tem como mais escurecer o ambiente.

O Brasil digital quer ser republicano, quer ser contemporâneo e isso começa, como em todas as revoluções de verdade, por valores estruturantes: não roubarás e não matarás o seu vizinho e o seu país.

O resto vem com o tempo.

Assim, as pessoas estão olhando para o lugar errado. Bolsonaro é o dedo, a população de verde e amarelo nas ruas cantando o hino, é a lua.

Faltam 3 dias para a queda da bastilha.

Falo mais sobre este tema na minha live de hoje:

Quem mudou no Brasil foi o eleitor. E tem um grande motivo: a internet!

Publicado por Carlos Nepomuceno em Quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Ver Todos os artigos de Carlos Nepomuceno