Iscas Intelectuais
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

683 – O peixe
683 – O peixe
E aí, hein? Dar o peixe ou ensinar a pescar? Será que ...

Ver mais

682 – LíderCast 13
682 – LíderCast 13
É isso que é o LíderCast. Uma homenagem a quem ...

Ver mais

681 – Agrotóxicos: remédio ou veneno
681 – Agrotóxicos: remédio ou veneno
Agrotóxicos surgiram na Segunda Guerra Mundial, para ...

Ver mais

680 – Nova Previdência 2
680 – Nova Previdência 2
A Nova previdência é o primeiro passo para colocar o ...

Ver mais

LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
Rodrigo Galvão assumiu aos 35 anos de idade a posição ...

Ver mais

LíderCast 169 – Marília Guimarães e Eduardo Dantas
LíderCast 169 – Marília Guimarães e Eduardo Dantas
Marilia Guimarães e Eduardo Dantas – a dupla ...

Ver mais

LíderCast 168 – Pedro Hipólito
LíderCast 168 – Pedro Hipólito
CEO da Five Thousand Miles, empresa portuguesa que se ...

Ver mais

LíderCast 167 – João Kepler
LíderCast 167 – João Kepler
Especialista em empreendedorismo, startups, marketing e ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que Bolsonaro exagera?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Como se já não enfrentássemos todos os problemas possíveis – e mais uns imaginados – Bolsonaro parece se esforçar para piorar os reais e parir os imaginários. Por qual razão o ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – CARACTERÍSTICAS GRAMATICAIS DOS SUBSTANTIVOS (parte 3)
Alexandre Gomes
Até agora mostrei maneiras um pouco diferentes de se ver um SUBSTANTIVO. Usando um tanto de Lógica e  Filosofia para explicar SUBSTANTIVOS e ADJETIVOS. E só para te lembrar: toda a Realidade é ...

Ver mais

Viva Narciso
Jota Fagner
Origens do Brasil
A nossa vaidade nos impede de construir um ambiente mais tolerável A palavra “insentão”, popularizada nos últimos anos, serve para classificar a pessoa que não se deixa iludir pelo canto da ...

Ver mais

O hábito da leitura e seu impacto no desenvolvimento
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O hábito da leitura e seu impacto no desenvolvimento  “A leitura é a chave para se ter um universo de ideias e uma tempestade de palavras.” Eduarda Taynara Gonçalves Pereira  (ex-aluna da EEEP ...

Ver mais

Cafezinho 214 – Entropia 2
Cafezinho 214 – Entropia 2
Entropia precisa de manutenção, de consertar o que é ...

Ver mais

Cafezinho 213 – Entropia
Cafezinho 213 – Entropia
Encontrar e consertar uma goteira ou uma trinca é ...

Ver mais

Cafezinho 212 – Cérebros roídos
Cafezinho 212 – Cérebros roídos
Na República das Banalidades, o que não é visto e nem ...

Ver mais

Cafezinho 211 – O crítico e o criativo
Cafezinho 211 – O crítico e o criativo
Basta uma olhada nos jornais televisivos diários para ...

Ver mais

Como chegamos ao País que somos

Como chegamos ao País que somos

Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas -

Como chegamos ao País que somos

 Interpretações do Brasil

Reunindo textos de autoria de seus principais assessores e colaboradores, a Fundação Espaço Democrático, fundação de estudos e formação política do Partido Social Democrático (PSD) acaba de lançar Interpretações do Brasil – Tradicionais e novas abordagens históricas, econômicas e diplomáticas, um livro que pretende favorecer a compreensão dos caminhos que conduziram o Brasil àquilo que ele é nos dias de hoje.

O livro é dividido em quatro capítulos.

No primeiro, Antologias, são examinadas duas obras que são exatamente isso, antologias sobre a formação histórica do Brasil, nas quais seus autores, Bernardo Ricupero e Antonio Paim, reúnem os mais reconhecidos intérpretes da realidade brasileira.

O segundo, Principais correntes de interpretação, focaliza algumas das mais destacadas linhas de interpretação da história, da história econômica e da economia brasileira, tais como a visão cronológica ou factual, a visão cíclica, a visão marxista, a visão patrimonialista e a visão dependentista.

O terceiro, Os debates mais relevantes, tem por foco três debates que, em determinados momentos, polarizaram as discussões a respeito da economia brasileira e de suas políticas econômicas: monetaristas versus estruturalistas; ortodoxia versus heterodoxia; e desenvolvimentistas versus ?????????. Foram debates que se constituíram no fulcro central das discussões que se travavam ao longo do ciclo inflacionário iniciado na década de 1960, que perduraram nas décadas de 1970 e 1980 e se estenderam até meados da década de 1990, quando os índices de inflação apresentaram redução consistente, graças aos bons resultados alcançados pelo Plano Real.

No quarto e último, Interpretações mais recentes, são expostas três das mais relevantes contribuições surgidas nas últimas décadas às interpretações do Brasil; as contribuições do professor Jorge Viana Monteiro, do embaixador Rubens Ricupero e do escritor Jorge Caldeira.

Cada tema é apresentado por meio de artigos analíticos, com as próprias referências bibliográficas, as mais relevantes das quais são, em seguida, brevemente resenhadas pela equipe de colaboradores do Espaço Democrático.

Como a maior parte dos textos é de autoria de um economista que por longos anos dedicou-se ao ensino das disciplinas do núcleo histórico dos cursos de graduação em economia, percebe-se um viés economicista em boa parte do livro.

Entretanto, como o tema é inesgotável, e surgem constantemente novas interpretações a respeito da história e da realidade brasileira, é bem provável que a equipe de assessores e colaboradores do Espaço Democrático produza outros volumes, dando prioridade, então, a outros aspectos, tais como o político, o sociológico e o antropológico. O objetivo é e será sempre oferecer uma visão plural das explicações de como o Brasil chegou a ser o que é hoje.

Iscas para ir mais fundo no assunto

Referência bibliográfica

KAHN, Tulio; MACHADO. Luiz Alberto (organizadores). Interpretações do Brasil – Tradicionais e novas abordagens históricas, econômicas e diplomáticas. São Paulo: Scriptum Editorial, 2018.

Ver Todos os artigos de Luiz Alberto Machado