Iscas Intelectuais
Podpesquisa 2018
Podpesquisa 2018
Em sua quarta edição, a PodPesquisa 2018 recebeu mais ...

Ver mais

Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

639 – Chega de falar de política
639 – Chega de falar de política
Diversos ouvintes mandam mensagens pedindo para que eu ...

Ver mais

638 – O efeito Dunning-Kruger
638 – O efeito Dunning-Kruger
Cara, eu fico besta com a quantidade de gente que ...

Ver mais

637 – LíderCast 10
637 – LíderCast 10
Olha só, chegamos na décima temporada do LíderCast. Com ...

Ver mais

636 – As duas éticas da eleição
636 – As duas éticas da eleição
Gravei um LíderCast da Temporada 11, que só vai ao ar ...

Ver mais

LíderCast 132 – Alessandro Loiola
LíderCast 132 – Alessandro Loiola
Médico, escritor, um intelectual inquieto, capaz de ...

Ver mais

LíderCast 131 – Henrique Szklo e Lena Feil
LíderCast 131 – Henrique Szklo e Lena Feil
Henrique Szklo e Lena Feil – Henrique se apresenta como ...

Ver mais

LíderCast 130 – Katia Carvalho
LíderCast 130 – Katia Carvalho
Mudadora de vidas, alguém que em vez de apenas lamentar ...

Ver mais

LíderCast 129 – Guga Weigert
LíderCast 129 – Guga Weigert
DJ e empreendedor, que a partir da experiência com a ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Quem não é capaz de rir de si mesmo será sempre um intolerante em potencial
Henrique Szklo
Humorista de verdade não tem lado, não tem ideologia, não tem bandeira. Independentemente de sua posição pessoal, tem de ser livre o suficiente para atirar em tudo o que se mexe e no que não se ...

Ver mais

Capitalismo Versus Esquerdismo*
Alessandro Loiola
Uma das consequências involuntárias do capitalismo é que ele coloca diferentes culturas e sociedades em contato direto muito mais amplo umas com as outras. Liga as pessoas entre si muito mais ...

Ver mais

A cavalgada de um cowboy
Jota Fagner
Origens do Brasil
Cowboy não havia dormido bem. Tinha feito corridas até às duas da manhã. O trabalho como moto-taxista costumava não render muito, mas em época de alta temporada a demanda era muito grande. ...

Ver mais

O ENEM e a (anti-)educação
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Nos dois últimos fins-de-semana, milhões de candidatos ao ensino superior realizaram as provas do ENEM. O vestibular é o telos do ensino fundamental e médio no Brasil. As escolas privadas assumem ...

Ver mais

Cafezinho 125 – O chute
Cafezinho 125 – O chute
Se o governador mentiu ou se enganou, peço desculpas ...

Ver mais

Cafezinho 124 – À luz do sol
Cafezinho 124 – À luz do sol
É assim, com a luz do sol, que a gente faz a limpeza.

Ver mais

Cafezinho 123 – A zona da indiferença
Cafezinho 123 – A zona da indiferença
Ter consciência sobre o que é certo e errado todo mundo ...

Ver mais

Cafezinho 122 – Vira a chave
Cafezinho 122 – Vira a chave
Mudar de assunto no calor dos acontecimentos é ...

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente

Carlos Nepomuceno -
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa:

Ver aqui:
https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631

…sem nenhum fato, baseado em suposições.

A essa matéria que foi criada sem nenhum critério jornalístico, passa a se chamar “escândalo”.

Vejamos a definição:

Escândalo: “indignação, perplexidade ou sentimento de revolta provocados por >>>> ato <<<<< que viola convenções morais e regras de decoro.”

Note bem que se fala de ATO e não de suposição de ATO, só podemos nos escandalizar por algo que foi feito, acontecido, e não por algo que achamos que ocorreu.

Estamos escandalizado pela suposição de algo que ocorreu ou que vai ocorrer, mas não por que ocorreu!

Não se sabe quem fez, como fez, que impacto teve na campanha, que tipo de fake news foi feita (qual foi a que colou e a que não colou) e que teria prejudicado o Haddad, ao ponto de ter criado uma distorção na campanha.

Que dados existem que comprovam, qual a relação disso com o candidato, em que momento, quais os fatos que corroboram tal ATO?

Mas, como vivemos na ILHA DA FANTASIA MARXISTA estamos “escandalizados”.

Note que toda vez que os marxistas brasileiros são obrigados a lidar com a realidade (impeachment, prisão do Lula e agora a eleição do Bolsonaro) precisam criar uma espécie de:

ALUCINAÇÃO NA TERRA DO NUNCA

Todos em uníssono vão para determinada ilha e ficam, entre eles, repetindo determinada palavra diversas vezes, golpe, golpe, golpe, lula livre, lula livre, fraude, fraude, fraude.

A alucinação dura o tempo em que a realidade se mostra real e no momento seguinte se precisa de mais uma dose de RIVOTRIL IDEOLÓGICO para poder continuar a VIAGEM.

Vivemos no Brasil um fenômeno de alucinação coletiva que é um case e tanto para quem trabalha com o tema.

Tal alucinação se alastrou para setores, tais como a imprensa do país e do exterior, que antes ainda contavam com algum prestígio, intelectuais do brasil e fora, ONU, OEA.

Aos poucos, fomos descobrindo que mais e mais pessoas ALUCINADAS estavam entre nós, apenas em estágio de ALUCINAÇÃO PASSIVA, que sai para a ATIVA, quando sentem que a realidade vai tirá-los do castelo imaginário que criaram – com salários, impostos, incentivos, bolsas, etc pagos por nós.

O que me assusta não é o fato de estarmos descobrindo isso AGORA, mas de estarmos descobrindo isso TÃO TARDE.

Estes malucos foram governo por DUAS DÉCADAS e nós achávamos que eram pessoas razoáveis e “normais”.

Há muito que fazer para que o Brasil passe de País TOTALMENTE tomado por esta ideologia primitiva e tribal e entre FINALMENTE na sociedade contemporânea, na qual a máxima é “todos são iguais perante a lei, inclusive o Maluf, o Temer, o Aécio e o Lula, mesmo sendo guerreiro do povo brasileiro”.

Faltam 9 dias para a queda da bastilha!

E o palácio de Versalhes está em chamas….

Ver Todos os artigos de Carlos Nepomuceno